Especial

Apoio emocional gratuito

Desde o dia 17 de março e até pelo menos o dia 30 de abril quem estiver com enfrentando dificuldades em lidar emocionalmente com o período de incertezas trazido pela pandemia do coronavírus pode contar com a ajuda do SOS Apoio Emocional.

Trata-se de um atendimento telefônico especializado e gratuito, com  psicólogos disponíveis do outro lado da linha. “Não é um atendimento psicológico, sendo muito  diferente do que é fazer terapia. O que oferecemos é um apoio de crise, uma intervenção focal e breve”, afirma a psicóloga Erika Pallottino, sóci0-fundadora do Instituto Entrelaços.

Apesar de atender pessoas de qualquer faixa etária, desde que o serviço foi iniciado, grande parte das ligações são de idosos. “Temos recebido diversas ligações de pessoas com 60,70, 80 anos, que demonstram  muito sofrimento porque são portadores  de doenças crônicas e degenerativas, o que aumenta os fatores de risco para o Covid-19”, diz Erika.

Inicialmente restrita a um número do Rio de Janeiro, a ideia rapidamente ganhou adesões, sendo encampada por outros institutos com trabalhos semelhantes ao do Entrelaços, ou seja, voltados para luto, perdas e crises, totalizando sete linhas:

  • Rio de Janeiro- (21) 97504- 6070 – atendimento das 9h às 0h
  • São Paulo  – (11) 98863- 0550 – atendimento das 9h às 0h
  • Interior-SP – (19) 99117-0990 – atendimento das 10h às 22h
  • Belo Horizonte – (31) 98399- 4602 – atendimento das 10h às 22h
  • Vitória – (27) 99858- 8280 – atendimento das 9h às 0h
  • Natal – (84) 99159-4405 – atendimento das 9h às 21h
  • Goiânia – (62) 99372-2986 – atendimento das 10h às 22h

Para seguir a dinâmica proposta, os números são para chamadas por telefone, não sendo aceito o contato via WhastApp, Como se tratam de linhas únicas, não de centrais telefônicas, é preciso ter em mente que a linha estará ocupada durante os atendimentos. Por isso, a dica é insistir até conseguir ser atendido.